fbpx
Como iniciar na corrida com qualidade

5 Coisas que você deve saber antes de iniciar na corrida?

Tomar a decisão de iniciar na corrida é sempre a mais difícil. Você sabe que deverá mudar sua rotina, melhorar seus hábitos e arrumar tempo onde já era uma tarefa difícil. Por isso, a desistência nos primeiros 3 meses de atividade física é gigantesca. Mas você não quer aumentar essa estatística, não é mesmo? Veja tudo o que precisa saber antes de começar.

Praticar uma atividade física é sempre uma excelente alternativa para alcançar uma vida mais saudável. Porém, para atingir os resultados, planejar é preciso. E com a corrida não é diferente.  Quer evoluir como corredor, ou apenas realizar um treinamento com mais eficiência? Não importa. Algumas recomendações são extremamente importantes antes, durante e depois do treino.

Por isso, destacamos as principais ações para você colocar em prática e fazer do treinamento de corrida algo que realmente começará a fazer parte de seu dia pra valer! 

1. Quer iniciar na corrida? As primeiras semanas são a parte mais difícil

Parece óbvio dizer isso, mas geralmente as pessoas desistem de correr, ou fazer qualquer outro exercício físico, porque não se preparam para a dificuldade. No início, seu foco deve ser integralmente criar o hábito. Você tem que acostumar, disciplinar o seu corpo aquela rotina. E para isso, o aspecto “quero ter prazer em correr” deve ficar num segundo plano.

Tudo o que o seu corpo não usa regularmente, ele evita. É uma questão de preservação. Qual a finalidade de ter mais energia e disposição física se você não a usa? Portanto, apenas treinando regularmente você irá ensinar seu corpo a entender que ele precisa produzir mais energia. Se ficar num treina e para, treina e para, não sairá da fase de dores musculares e cansaço.

2. Não deixe de aquecer antes de iniciar na corrida

Seja no inverno ou mesmo no verão, um aquecimento e alongamento prévio antes de começar a correr é muito recomendado. Os movimentos ajudarão você a aquecer e lubrificar músculos e articulações. Além disso, aquecer “desperta” o corpo para o exercício, pois você inicia seu treino de forma mais gradual, o que acaba facilitando a prática e ajudando-o a não sentir tanto os primeiros minutos da corrida.

Uma ótima alternativa é utilizar educativos de corrida para complementar seu aquecimento. Eles farão com que seu aquecimento já reflita numa postura adequada logo no início dos seus treinos. Sessões com duração de 10 a 15 minutos são suficientes para garantir bons resultados e deixar seu corpo e mente pronto para iniciar na corrida.

3. Está difícil? Comece caminhando

O maior erro na hora de começar a fazer atividade física é a busca por resultados rápidos, quase instantâneos. Sua condição estética ou física a ser melhorada não ficou assim do dia para a noite. Os resultados com o treino são a mesma coisa. Muitas vezes queremos começar a correr na primeira semana, fazer 5km depois de um mês e uma meia maratona depois de 6 meses. Com certeza esse não é o melhor caminho.

Portanto, comece de forma gradual, focado em caminhadas aceleradas ou, caso já tenha esse hábito, ligeiras corridas, que fiquem na casa de 2, 3 minutos. Iniciar na corrida deve ser um processo bem gradual. Ter uma orientação especializada, mesmo que a distância, irá proporcionar resultados fantásticos, e uma possibilidade muito maior de começar a correr e não parar.

4. Se alimente adequadamente

A alimentação tem papel fundamental antes, durante e depois do treino. Se você não dá devida atenção ao que come, pode prejudicar seu desempenho nos treinos – pela falta de “combustível” – e a recuperação do seu corpo.

Opções de rápida absorção – como sucos e frutas – em geral são mais consumidos no pré-treino. Isotônicos, água, carboidratos ou balinhas em gel também são muito comuns durante os treinos, principalmente para corridas acima de 60 minutos.

Já no pós-treino, refeições que mesclem carboidratos, proteínas e gorduras são as mais recomendadas e garantem os nutrientes necessários para uma recuperação plena.

Vale sempre lembrar que um nutricionista ou nutrólogo poderá orientar seu cardápio da melhor forma, considerando biotipo, objetivos e características.

5. Evite exageros

Independente se o seu desejo é perder 10 quilos, melhorar a saúde ou se transformar num maratonista, isso não acontecerá da noite para o dia. Estar em forma é uma jornada que exige paciência e disciplina. Por isso comece devagar e evite exageros, como treinar corrida todo dia ou ficar horas na esteira caminhando e correndo.

Sessões de 2 a 3 vezes por semana, em dias alternados, darão o tempo necessário para que seu corpo se recupere de forma adequada dos treinos de corrida.

Viu como iniciar na corrida pode não ser esse bicho de sete cabeças? Procure também ler nossas matérias sobre benefícios da caminhada e como se preparar para seus primeiros 5km. Elas vão ajudar você a ter ainda mais motivação!

Sem comentários

Fazer um comentário